Revista Eletrônica Estácio Saúde, Vol. 5, No 1 (2016)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

AUTOMEDICAÇÃO: REVISANDO A LITERATURA SOBRE A RESISTENCIA BACTERIANA AOS ANTIBIOTICOS

Amanda Ludogerio Moraes, Nayara Gabriele Picanço Araújo, Tatiana de Lima Braga

Resumo


 

Objetivo de avaliar a automedicação como importante fator de desenvolvimento de resistência a antibióticos. Trata-se de uma revisão de literatura narrativa, desenvolvida a partir de artigos científicos de 2005 - 2015. Dados revelam que há diversos fatores que levam a resistência bacteriana, sendo o Brasil o quinto país que mais se automedica. Aponta-se como causa a publicidade e propaganda de medicamentos que associa compra de medicamentos à cura, e a desumanização e precariedade nos postos de atendimento à saúde. Para diminuir a incidência de problemas relacionados a esses medicamentos são necessárias políticas de saúde que minimizem a pratica da automedicação, tendo em vista a ascensão do uso racional de antibióticos e medicamentos em geral.

 


Texto Completo: PDF

Resultado de imagem para latindex